Você está aqui
Home > Empreendedorismo > Salário Mínimo foi para quanto?

Salário Mínimo foi para quanto?

Salário Mínimo

Salário Mínimo foi para quanto? Essa é uma pergunta recorrente, sobretudo quando estamos nos primeiros meses do ano.

Antes de tudo, vale dizer que o novo Salário Mínimo está em vigor desde o primeiro dia do ano, e que frequentemente gera discussões acerca de seu valor.

Afinal, de acordo com o DIEESE -Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, em novembro de 2019, quando o mínimo era de R$ 998,00, para o órgão, ele deveria ser de R$ 4.021,39.

Tal valor, cá pra nós, é algo que raramente irá acontecer, não é mesmo? E, caso ocorra, sabemos que não é algo a curto prazo.

Sendo assim, a dúvida de muitos atualmente é exatamente a do título do artigo de hoje: o salário mínimo foi para quanto?

Quer saber o valor atual do Salário Mínimo no âmbito nacional e suas respectivas variações, de acordo com as regiões?

Então continue a leitura desse artigo e confira tudo a seguir!

Salário mínimo em 2020: veja o valor

Salário Mínimo

De conformidade com o portal G1 : “ O valor nacional do Salário Mínimo é de R$ 1.039 desde o dia 1º de janeiro, mas 5 estados terão piso próprio e não seguirão decreto federal neste ano”. (Fonte: LINK).

Como curiosidade, vale dizer que esta é a primeira vez na história que o salário mínimo ultrapassa a faixa de R$ 1 mil desde 1994, com o surgimento do Plano Real.

Segundo o site da Agência Brasil:

“Em relação à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020, aprovada pelo Congresso Nacional, o valor ficou R$ 8 mais alto. Isso porque a previsão anterior do governo federal para a inflação de 2019 era de 3,3%, mas o percentual acabou ficando em 4,1%, de acordo com a última estimativa medida pelo IBGE.”

Veja também:  Salário Mínimo no Brasil: Por que ele é tão baixo?

(Fonte: LINK)

Muito embora a grande  maioria dos estados brasileiros adote o valor estabelecido pelo governo federal, ( que é a referência usada na remuneração de cerca de 49 milhões de trabalhadores no país), há estados que seguem seu próprio índice de Salário Mínimo.

Com isso, há o fenômeno do piso regional que é superior ao valor nacional. Neste ano de 2020, são cinco estados com pisos regionais:

  • São Paulo;
  • Rio de Janeiro;
  • Paraná;
  • Santa Catarina;
  • Rio Grande do Sul.

No entanto, até o momento tais estados ainda não definiram qual será o novo valor.

Atualmente, os pisos regionais dos estados mencionados acima são:

  • São Paulo: desde 2019, o Salário Mínimo no estado vai de R$ 1.163,55 a R$ 1.183,33;
  • Rio de Janeiro: de R$ 1.238,11 até R$ 3.158,96;
  • Paraná: de R$ 1.306,80 a R$ 1.509,20;
  • Santa Catarina: atualmente no estado o valor adotado vai de R$ 1.158 a R$ 1.325;
  • Rio Grande do Sul: de R$ 1.237,15 a R$ 1.567,81.

Salário Mínimo foi para quanto? Conheça a fórmula

Em conformidade com o Ministério da Economia, a correção do Salário Mínimo  seguiu apenas a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), não contemplando, portanto, um ganho real.

Como a variação do INPC de 2019 ainda não foi divulgada, houve uma previsão por parte do governo, para propor o reajuste.

Esta previsão considerou valores dos meses janeiro a novembro e, sendo que para o mês de dezembro, usou-se a média das projeções de mercado estipuladas pelo último Boletim Focus do Banco Central.

Conforme divulgado pelo governo, a estimativa é que para cada aumento de R$ 1 no salário mínimo, as despesas elevam-se em R$ 355,5 milhões. Isso deve-se, sobretudo, devido ao pagamento de benefícios como:

  • Previdência Social;
  • Abono salarial;
  • Seguro-desemprego.
Veja também:  Salário mínimo para 2020 será de quanto?

A justificativa é a de que todos estes benefícios estão atrelados ao Salário Mínimo.

Agora que você já sabe qual valor vigente, conte pra nós: você está satisfeito (a) ou insatisfeito (a) com esse valor?

 

 

Deixe uma resposta

Top