Você está aqui
Home > Notícias > Calculo Salario Proporcional: Meses de 28, 29 e 30 dias

Calculo Salario Proporcional: Meses de 28, 29 e 30 dias

saiba como fazer o calculo salario proporcional

Torna-se de suma importância que qualquer empresa tenha o pleno conhecimento de como realizar o calculo salario proporcional.

Isso é essencial, pois permite que todos os colaboradores que possam vir a ser demitidos recebam aquilo a que eles têm direito, evitando assim cobranças futuras na justiça.

Para aqueles que estão entrando agora no mercado, esse pode parecer um obstáculo grande a ser ultrapassado, e é por isso que resolvemos trazer aqui esse artigo completo tratando sobre o tema.

Neste texto, você poderá entender o que é o calculo salario proporcional, bem como aprender a realiza-lo em diferentes situações.

Interessado em sabe tudo sobre esse assunto? Então não deixe de acompanhar esse material até o final!

saiba como fazer o calculo salario proporcional

Saiba como fazer o calculo salario proporcional

O que é Salário Proporcional?

Sempre que um novo funcionário é admitido em uma empresa, as duas partes acordam sobre qual será o valor mensal de salário a ser recebido pelo empregado.

Quando o mesmo é demitido, ele precisa receber o valor proporcional a aqueles dias em que ele trabalhou efetivamente naquele determinado mês.

Por exemplo, ele pode ter sido demitido após fechar os 30 dias de um determinado mês, ou mesmo com 29 dias de trabalho.

Esse salário proporcional também pode contar para quando o funcionário é admitido e trabalhou apenas uma parte do mês em questão, por exemplo.

Tudo isso precisa ser levado em consideração para o momento de fazer o calculo salario proporcional.

Veja, no próximo tópico, como é possível calcular o salário proporcional, depois entendendo como é feito o cálculo em situações específicas.

como calcular o salário proporcional

Como Calcular o Salário Proporcional

Para poder compreender como é feito o calculo salario proporcional, é preciso entender, primeiramente, algumas regras importantes, que são mostradas a seguir.

A Regra de 30 dias é a mais importante para realizar o cálculo do salário proporcional a que o trabalhador tem direito.

Veja também:  Conta Salário: Como funciona? Qual a melhor?

O objetivo da regra é pode conhecer quanto do valor do salário mensal precisa ser paga ao funcionário, baseado na quantidade de dias que ele trabalhou naquele determinado mês.

A utilização em geral é a divisão dos dias por 30, mas em alguns meses (como é o caso de fevereiro, que pode ter 28 ou 29 dias), deve-se utilizar a quantidade de dias exatos, evitando erros no cálculo.

Outras regras importantes são:

  • Em caso da empresa pagar por hora, não é preciso realizar o calculo salario proporcional, pois é mais fácil calcular quanto cada um deve receber baseado na produção mensal
  • Em caso do trabalhador ter realizado seu serviço em todos os dias do mês, ele receberá o salário de forma integral
  • Além das aplicações para funcionários contratados ou demitidos, o calculo salario proporcional pode ser realizado em casos de funcionários que se afastaram durante um determinado período do mês

E como é, finalmente, que se deve realizar o calculo salario proporcional, depois de compreendidas as regras?

O calculo salario proporcional consiste na divisão do salário mensal do trabalhador pelo número de dias, daquele mês em questão, que o indivíduo trabalhou e, portanto, tem o direito de receber.

Calcular salário proporcional de 28 dias

O primeiro caso de como calcular salário proporcional diz respeito a um mês de 28 dias, no caso o mês de Fevereiro em anos não bissextos.

No caso de um funcionário contratado no dia 10 de um mês com 28 dias, o salário a ser recebido será proporcional aos 19 dias de trabalho.

Se o salário mensal pelos 28 dias é de R$ 2000,00, então é preciso dividi-lo por 28, para saber quanto é pago por cada dia trabalhado.

O calculo salario proporcional fica assim:

  • Salário Mensal de R$ 2000,00/ dividido por 28: R$ 71,428 por dia
  • Logo: R$ 71,428 x 19 dias: R$ 1357,13
Veja também:  Salario Minimo Chile: saiba os valores e como funciona!

Assim, o valor de R$ 1357,13 é o salário que o funcionário irá receber pelos 19 dias em que trabalhou na empresa naquele mês.

Calcular salário proporcional de 29 dias

Para calcular salário proporcional de 29 dias, segue-se a mesma ideia do tópico anterior, mas ao invés de dividir o valor do salário por 28 dias, deverá fazê-lo pelos 29 dias do mês.

Assim, um funcionário contratado no dia 10 de fevereiro terá trabalhado por 20 dias, o que lhe proporciona receber o salário desses dias de serviço.

Assim, divide-se os R$ 2000,00 de salário mensal normal pelos 29 dias do mês, chegando ao valor de R$ 68,965 por dia.

Depois, basta multiplicar o valor encontrado pelo número de dias trabalhados: R$ 68,965 x 20: R$ 1379,3.

Portanto, o valor de R$ 1379,3 é o salário que o funcionário irá receber pelos 20 dias em que trabalhou na empresa naquele mês.

Calcular salário proporcional de 30 dias

O mesmo pensamento realizado nos outros tópicos vale também para o calculo salario proporcional de 30 dias, ou seja, nos meses comuns.

Assim, o valor do salário a que o funcionário tem direito deverá ser dividido por 30 e, assim, multiplicado pelo número de dias em que ele trabalhou, efetivamente, naquele determinado mês.

No caso de alguém que recebe R$ 3000,00 mensais, o valor pago por dia será o resultado do valor salarial de R$ 3000,00 pelos 30 dias do mês, que é igual a R$ 100,00.

Se o funcionário foi contratado no dia 11 do mês, ele terá direito a receber pelos 20 dias trabalhados, o que multiplicado por R$ 100,00 (valor pago diariamente) dará R$ 2000,00.

Veja também:  Qual o salário de um jovem aprendiz no Brasil?

como calcular o 13º proporcional

Como calcular o 13º proporcional

A última dica referente ao calculo salario proporcional diz respeito a como calcular o 13º proporcional.

Para realizar o cálculo, você deve dividir o salário bruto do funcionário por 12 (relativos aos 12 meses do ano).

O resultado deverá ser multiplicado pelo número de meses trabalhados pelo empregado até outubro, visto que a primeira parcela é paga em novembro.

Assim, se o salário bruto é de R$ 2400,00 e for dividido por 12, cada mês terá um valor de R$ 200,00.

Se o funcionário trabalho todos 5 meses até outubro, ele receberá metade do valor encontrado, que foi de R$ 1000,00 (R$ 200,00 por mês x 5 meses no ano), ou seja, R$ 500,00 sem descontos.

Para calcular a segunda parcela, o salário bruto deverá, novamente, ser dividido por 12 e multiplicado, o resultado encontrado, pelo número de meses trabalhados.

Se ele trabalhou, durante todo o ano, por 7 meses, então o cálculo feito será de 7 meses x R$ 200,00, que será um valor de R$ 1400,00.

Depois, basta reduzir o valor encontrado de R$ 1400,00 pelo que foi pago na 1ª parcela (R$ 500,00), chegando então ao valor de R$ 900,00.

Além disso, desse valor de R$ 900,00, ainda é preciso reduzir os descontos de INSS e IRRF para chegar ao resultado final.

Conclusão

Como você viu, para quem está começando agora, principalmente, torna-se essencial aprender a como calcular o salário proporcional, aos dias trabalhados, do empregado que está sendo admitido ou demitido.

Neste texto, você pôde ver como fazer o calculo salario proporcional de acordo com meses de 28 dias, 29 dias ou 30 dias.

Gostou do artigo de hoje sobre o cálculo do salário proporcional?

Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.

Deixe uma resposta

Top